Sistemas anti-congelamento de turbinas a gás

anti-icing-systems-gas-turbines

Higrómetros de espelho refrigerado sem deriva reduzem os custos de manutenção dos sistemas anti-congelamento de turbinas a gás

Nas centrais eléctricas alimentadas a gás localizadas em climas onde existe o risco de formação de gelo, quer bloqueando o sistema de entrada de ar, quer partindo-se em pedaços e danificando as pás da turbina, é utilizado um sistema anti-gelo que monitoriza a humidade relativa e a temperatura para proteger a turbina a gás. Os sistemas baseados em higrómetros de espelho arrefecido - como o Optidew 501 - como parte de um sistema anti-gelo não são susceptíveis a desvios e às recalibrações frequentes associadas que resultam em custos de manutenção mais elevados. O robusto Optidew 501 pode suportar as condições difíceis destas centrais eléctricas com uma manutenção mínima.

A acumulação de gelo nos elementos filtrantes bloqueia o filtro e provoca uma perda de potência devido a uma queda de pressão e a um caudal mássico reduzido. Em casos extremos, pedaços de gelo podem ser ingeridos pelo compressor e causar danos físicos à turbina.

A monitorização cuidadosa da temperatura ambiente e da humidade relativa permite aos operadores utilizar os sistemas de aquecimento de forma eficaz e eficiente.

Quando a humidade relativa do ar é frequentemente superior a 80 %rh, é provável que se forme um nevoeiro denso. Nestas condições, quando a temperatura ambiente desce para menos de 5 °C, pode começar a formar-se gelo.

A protecção eficaz contra os danos causados pelo gelo é importante e tem uma relação custo/valor extremamente baixa. A utilização de um sistema baseado em espelhos refrigerados pode proteger o operador de danos e falhas dispendiosas na turbina.